Dec242003

Coisas que o dinheiro não compra.

O dinheiro pode comprar alguma felicidade – que tal um Jaguar na garagem? -, mas não o dom da alegria. Ninguém pode pagar pelo que a vida oferece de graça. “A felicidade é igual no súdito e no rei”, disse o poeta inglês Alexander Pope.

Mesmo assim, muitos de nós adiamos a apreciação das fugazes recompensas da vida até acharmos que temos dinheiro suficiente no banco.

Não conseguimos ter prazer em dormir até tarde num dia de semana, a não ser que seja feriado. E nos sentimos culpados ao aproveitar uma folga na viagem de negócios para ir pescar – afinal, só gente rica pode se dar ao luxo de não fazer nada. Deixar o celular em casa ao tirar cinco dias de férias, então, está fora de questão.

Se parar para pensar, vai ver que não faz sentido. Economizamos para ter a segurança de apreciar as coisas que o dinheiro não compra. Por que não nos damos permissão para tomar o que nos é oeferecido de graça? Por que achamos que temos de comprar nossa alegria?

Tudo bem, invente desculpas para não ser capaz de relaxar com mais frequência. A prestação da casa. A escola das crianças. Os impostos. O carro. Sem falar no ventilador que precisa ser trocado. tudo verdade. Mas, por mais urgente que pareça, a pressão financeira não é a única explicação para estarmos constantemente trabalhando. Na verdade, acreditamos que temos de conquistar o direito ao prazer. Quando se trata de sentir alegria, não queremos aceitar esmolas de deuses benevolentes.

E não culpe a ética religiosa por sua incapacidade de desfrutar o prazer de estar vivo. Há 25 séculos, na Grécia antiga, o filósofo Epicuro já pregava a alegria de viver isenta das amarras da opulência. Na refinada escola do Hedonismo que fundou em Atenas, a bebida comum era a água, e um pão simples de cevada era repartido entre os alunos.

Mesmo quem tem tudo – e dispõe de meios para ter o melhor – pode descobrir a satisfação de viver de maneira simples e, ao mesmo tempo, confortável.

Experimente, por exemplo, emprestar dinheiro sem juros a amigos que precisam – sem ligar se não puderem pagar logo. Melhor ainda, se puder, dê o dinheiro, sem pensar mais nele. Surpreendentemente, desfazer-se de um pouco de dinheiro pode ser uma experiência muito satisfatória.

Com menos dinheiro no bolso, você se sentirá liberado para fazer alguma coisa boba, como comer algodão-doce, ir a uma matinê no cinema ou sentar sob uma árvore para ler um bom livro.

V. Vienne

*****

Desejo a todos um FELIZ NATAL. Pensem bem no sentido desta época.

Que aprendam a dar valor ao que realmente importa na vida: família, amigos, amor, paz, harmonia, etc.

Amo muito todos vocês.

Sinceramente.

*****

Minha árvore de Natal.

Quisera, Senhor, neste Natal, armar uma árvore dentro de meu coração
e nela pendurar, ao invés de presentes, o nome de todos os meus amigos.

Os amigos de longe e de perto, os antigos e recentes,
os que vejo todos os dias e os que raramente encontro.

Os sempre lembrados e os que, às vezes, ficam esquecidos.

Os constantes e os intermitentes, os das horas difíceis e os das horas alegres.

Os que, sem querer, eu magoei ou, sem querer me magoaram.

Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles que me são conhecidas só as aparências.

Os que pouco me devem e aqueles a quem devo muito.

Meus amigos jovens, meus amigos velhinhos.

Meus amigos homens feitos e as crianças, minhas amiguinhas.

Meus amigos humildes e meus amigos importantes.

Os nomes de todos que já passaram por minha vida.

Os que me estimam e admiram sem eu saber
e os que amo e estimo sem lhes dar a entender.

Quisera, Senhor, neste Natal, armar uma árvore de raízes muito profundas
para que seus nunca mais sejam arrancados de minha vida.

Uma árvore de ramos muito extensos para que os novos nomes,
vindos de todas as partes, venham juntar-se aos já existentes.

Uma árvore de sombra muito agradável para que nossa amizade
seja um momento de repouso no meio das lutas da vida.

Feliz Natal!!!

All you need is love – The Beatles
All I want for Christmas is you – Olivia Olsen
Love is all around – Wet Wet Wet

Comente você também



Você gostou daqui? Então  assine o feed RSS dos posts e todas as vezes que o blog for atualizado você será avisado. Para mais explicações, clique aqui. É grátis!
  1. wilsonDecember 3rd, 2004

Deixe um comentário


Você pode marcar a caixa de seleção acima e ser avisado por email de cada novo comentário deixado nesse post. De qualquer maneira, a minha resposta a seu comentário será feita por e-mail.