Como diminuir a ansiedade?

satisfacao

Auditório quase cheio, mas Silmara consegue descobrir dois lugares bem na frente. Queria aproveitar cada palavra do bamba no assunto pelo qual se interessava tanto.

- Ah, não! Vamos nos sentar aqui mesmo. Perto da porta dá para sair mais rápido.

- Sossega, criatura! Nem bem chegamos e você já está pensando na hora de ir embora!

Aquela era Zélia, muito afobada, diziam. Se fosse visitar alguém, ou servisse de acompanhante, por mais que insistissem, ela permaneceria em pé, ainda que longo tempo.

- Estou bem assim, só passei mesmo para dar um oi.

Algumas pessoas estão sempre passando, como se outra coisa, outra tarefa, outra idéia, outra pessoa estivessem esperando por ela. Diferente de quem faz rápido, mas se coloca no que está fazendo, elas fazem tudo com pressa para acabar logo.

“O planejamento é um fator importante para o sucesso de nossas realizações, mas se nos torna ansiosos pelo passo seguinte, alguma coisa está errada” Temos alguns exemplos: aquele que olha o relógio o tempo todo, mesmo que não tenha outro compromisso marcado; aquele que pegando um fio de conversa nos faz uma pergunta só para se dizer presente, porém não ouve a resposta, pois, antes que terminemos, ele já enveredou por outro assunto; ou o aluno que entra na sala perguntando a que horas o professor vai fazer a chamada, para que possa sair; e até aquele estudante que primeiro enumera as respostas e depois percebe que não deixou espaço suficiente para satisfazer a pergunta anterior.

Todos querem ver o final, livrar-se da situação, inclusive aquele ator que acelera a cena – talvez por conta do nervosismo – deixando escapar ao público seu desconforto.

Fazer uma coisa pensando na próxima pode não significar apenas que o sujeito planejou o seu dia. O planejamento é um fator importante para o sucesso de nossas realizações, mas se nos torna ansiosos pelo passo seguinte, alguma coisa está errada. Ao contrário, ele deve servir à nossa tranqüilidade, para que estejamos, de fato, em cada momento vivido, sem nos preocuparmos demasiadamente com o que vem pela frente.

Uma coisa é planejar e desenvolver o planejado, outra é atropelar uma etapa em função da posterior. Planeja-se para que se possa cumprir da melhor forma cada fase e não para considerar terminado um projeto.

Estar presente em cada atividade, extrair o máximo do que ela pode nos oferecer em experiência sensória, emocional, racional, permite, além do conhecimento daquilo que se está fazendo e de nós mesmos, um grande prazer que nos ativa e mobiliza. Podemos enxergar oportunidades, pois nos tornamos donos do processo e, portanto, mais capazes de tomar decisões que o beneficiem e de encontrar soluções para os imprevistos. Isso vale tanto para os grandes projetos, a longo prazo, como para as minúcias do cotidiano.

Exercitar-se em se colocar o mais inteiro possível nas pequenas coisas, em dar a elas o tempo devido, é uma maneira de lidar com a ansiedade. Podemos começar prestando atenção aos nossos gestos, movimentos e à seqüência e velocidade dos nossos pensamentos, desde a forma como levantamos da cama, escovamos os dentes, tomamos um banho, usamos a toalha, trocamos de roupa, até as maiores tarefas que envolvem nossa profissão e nossos relacionamentos.

Por Angelina Garcia

**********

Com efeito, colocar-se inteiro nos pequenos gestos ajuda a diminuir a ansiedade.
Essa, pois, é a sugestão que exteriorizo aqui hoje.

A todos vocês uma excelente semana com muita satisfação em tudo que fizerem.

obs1: assim que possível responderei os e-mails a mim endereçados. O tempo é exíguo, sei que sou um tanto quanto ausente, mas leio tudo que me enviam.

obs2: não sei se notaram, mas instalei mais alguns novos plugins: um para imprimir o post desejado e outro para enviar o post a amigos (e inimigos também, para que eles possam evoluir e deixar vocês em paz. rsrs) por e-mail. Testem aí e me digam o que acharam: se ficou bom, se não ficou, etc.

obs3: já me indicaram como “blog que faz pensar” (um tal think blog award) e pediram várias vezes para indicar blogs preferidos, mas peço desculpas, uma vez que não vou fazer isso. Há muitos blogs que gosto e todos me acrescentam algo, por mais bobo ou inútil que possa parecer. Além do mais, o que me faz visitar um blog é muito mais o autor dele que qualquer outra coisa. Inclusive por isso fico chateado de não poder fazer visitas com frequência: é que não visitando acabo por fragilizar a relação que tenho com os respectivos proprietários; pelo menos com aqueles que não compreendem minha ausência.

Estação da luz – Alceu Valença

Comentários

  1. bene disse

    sempre q fico ansiosa começo a comer,comer sem parar,gostaria muito dee receber ajuda para reverter esta situação.obrigado

  2. Kelly disse

    Adorei o texto!
    Fico procurando formas de conter a ansiedade, exatamente essas expostas no texto como começar algo já pensando no final e querer atropelar as coisas, fazer acontecer mais rapido, é algo que ando convivendo e que não é nada legal, pois acaba me prejudicando de alguma maneira.

  3. junior gois disse

    Eu passei por varias dificuldades, por coisas que não tinha nada a ver comigo, coisas que nen eu sei explicar por acontecia e não sei de onde vinha, acho que juntou extress entre outras outras coisa que aconteceu na minha familia, e o autor do maior sofrimento foi eu, o falecimento da minha Mãe, que fiquei muito perplexo com td aquilo, minha mãe faleu na melhor fase da vida em que estava passando,então coloquei na cabeça que quando mim sinto da melhor fase da minha vida eu estou preste a morre, só passar coisas ruins por minha cabeça, tomei remedios controlados entre outros, mas vi percebi que no texto tem todos os sintomas em que estou sentindo!
    como faço para melhorar essa anciedade? mas aos pouco eu estou controlando, porque sou muito forte com relação!
    como fazer para isso sumir da minha vida?

  4. JUDINETE REIS RAMOS disse

    Quando estou em casa sem fazer nada fico ansiosa para fazer algo e nâo consigo só faço comer e dai logo sobe a minha pressâo.

  5. M.S. disse

    Boa noite Cirilo! Estou muito triste..sempre fui muito anciosa e naum sei o que fazer para me livrar..comecei a trabalhar essa semana e já estou sentindo que a ansedade está me atrapalhando bastante. Adorei a sua mensagem. Gostaria de uma sugestão sua para diminuir essa asiedade que tanto me prejudica.
    Muito obrigada!

  6. laercio de sousa disse

    tenho problemas com a ansiedade , minha pele fica irritada ja fui a medica e ela diz que tenho que me acalmar mais , eu tento mas nao consigo o que fazer ……………..me responda se tem algum tratamento que eu posso

  7. Nuno Pimenta disse

    Oi, eu há um tempo para cá tenho me sentido ansioso e nervoso. com o ritmo cardiaco um bocadinho acelerado. sinto me ansioso ou nervoso. nao sei explicar bem e demoro muito tempo para conseguir dormir e quando me deito o meu sono nao e o melhor visto que acordo cansado e com olheiras. Ajudem me pff. Estou a dar em doido

  8. Kelly disse

    Olá, Cirilo!
    Gostei muito do que li, me fez realmente pensar e pior, me identificar com a situação.
    Sou extremamente ansiosa e não vivo intensamente nenhum momento, seja na área que for. Estou sempre esperando que acabe pra fazer outra coisa.
    Se é sexta, que chegue logo o sábado.
    Se é domingo à tarde, que chegue logo a segunda…muitas coisas pra resolver no trabalho!
    Sabe que nos últimos meses tenho pensado muito e descoberto que não tenho grandes momentos dos quais me lembrar. Tá explicado! Não vivi nenhum deles com intensidade!!!!
    Preciso mudar, senão o que vou contar aos meus netos?
    Beijo e uma ótima tarde!!!!

Deixe um comentário