Dec192006

Dezembros

Os dezembros possuem um aroma almiscarado de saudade com esperança.
Dezembro é a encruzilhada, princípio e fim ao mesmo tempo; o ano corrente se despede enquanto o ano novo vem venturoso e repleto de possibilidades.
Dezembro é sempre mágico, é o encontro ímpar de passado e futuro, é a hora da reflexão e dos desejos, de enxugar as lágrimas dos que não voltam mais, e do sorriso de expectativa.
Dezembro é Natal, é beleza, é o momento da redenção, da fé, do perdão, de lembrar dos esquecidos, dos desesperados, de enxergar além do próprio umbigo.
Dezembro é o mês de sermos mais humanos e estarmos mais sensíveis.
Dezembro é exceção, mas deveria ser rotina.
É exemplo e deveria ser seguido.
Dezembro é o mês em que nos tornamos melhores, seja para compensarmos o que não fomos o ano todo, seja para começarmos a mudar para o ano que chega.
Dezembro é festa, Reveillon, pedidos escritos a lápis em papéis virgens e raramente lembrados depois, flores jogadas ao mar com refluxo
ansiosamente aguardado, e crenças repentinas e fugazes que geralmente se dissipam com a fumaça dos fogos.
É promessa de mudança, é chama acesa!
É tempo de saudade dos que não estão mais conosco e abrilhantavam nossos dias ou mesmo eram a razão principal deles.
É hora de repensar os erros e não mais cometê-los, é o momento de repassar os acertos e aprimorá-los.
Dezembro é o prelúdio do futuro, é a chave do recomeço, é a estação final do passado, a conexão com o futuro.
O momento de arquivar o que passou, de forma que possa ser facilmente consultado depois.
Dezembro é extremo, é decisivo, é palco de todas as recordações, é mais um álbum que se fecha.

Dezembro é quando eu me lembro mais da minha impermanência e de que sou só um grão de areia oscilando ao sabor das dunas intermitentes do destino que nunca cansa de se modificar.

a.d.

**********

Recebi, o texto, do amigo Fernando Sá e resolvi compartilhá-lo com todos.
Eu sempre vi os finais de ano como os finais de todos os dias onde preciso ver o que fiz de bom, para manter e aprimorar, e o que fiz de ruim, para melhorar e assim evoluir. De qualquer forma, é inegável que a atmosfera do planeta torna-se mais amena nos ‘dezembros’, as pessoas em geral nutrem bons sentimentos e pensamentos, anseiam por dias melhores. Continuo vendo os dezembros como todos os meses do ano, mas se a humanidade melhora nesse último mês do corrente, contrário a esse bom sentimento é que não vou ficar. Então, que as energias e os bons fluidos se multipliquem entre as pessoas e que o mundo inteiro, assim, torne-se um pouco melhor do que é hoje. Pouco a pouquinho… Quem sabe um dia esse sentimento se alastre por todos os outros meses do ano vindouro… Pode ser um sonho, mas sonhar para o bem comum é sempre válido. Espero que você sonhe o mesmo.

Imagine - Piano – Instrumental

Comente você também

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.



Você gostou daqui? Então  assine o feed RSS dos posts e todas as vezes que o blog for atualizado você será avisado. Para mais explicações, clique aqui. É grátis!

13 Respostas

Comment RSS Trackback URL
  1. DODecember 19th, 2006
  2. Cirilo Veloso MoraesDecember 19th, 2006
  3. Andrea N.December 19th, 2006
  4. ErikaDecember 19th, 2006
  5. Lulu on the skyDecember 19th, 2006
  6. TinaDecember 19th, 2006
  7. cileneDecember 20th, 2006
  8. EvilasioDecember 20th, 2006
  9. BrunaDecember 20th, 2006
  10. AnormAliceDecember 21st, 2006
  11. cileneDecember 21st, 2006
  12. RobyDecember 22nd, 2006
  13. S2 Veri S2December 23rd, 2006

Deixe um comentário


Você pode marcar a caixa de seleção acima e ser avisado por email de cada novo comentário deixado nesse post. De qualquer maneira, a minha resposta a seu comentário será feita por e-mail.