Dezembros

Os dezembros possuem um aroma almiscarado de saudade com esperança.
Dezembro é a encruzilhada, princípio e fim ao mesmo tempo; o ano corrente se despede enquanto o ano novo vem venturoso e repleto de possibilidades.
Dezembro é sempre mágico, é o encontro ímpar de passado e futuro, é a hora da reflexão e dos desejos, de enxugar as lágrimas dos que não voltam mais, e do sorriso de expectativa.
Dezembro é Natal, é beleza, é o momento da redenção, da fé, do perdão, de lembrar dos esquecidos, dos desesperados, de enxergar além do próprio umbigo.
Dezembro é o mês de sermos mais humanos e estarmos mais sensíveis.
Dezembro é exceção, mas deveria ser rotina.
É exemplo e deveria ser seguido.
Dezembro é o mês em que nos tornamos melhores, seja para compensarmos o que não fomos o ano todo, seja para começarmos a mudar para o ano que chega.
Dezembro é festa, Reveillon, pedidos escritos a lápis em papéis virgens e raramente lembrados depois, flores jogadas ao mar com refluxo
ansiosamente aguardado, e crenças repentinas e fugazes que geralmente se dissipam com a fumaça dos fogos.
É promessa de mudança, é chama acesa!
É tempo de saudade dos que não estão mais conosco e abrilhantavam nossos dias ou mesmo eram a razão principal deles.
É hora de repensar os erros e não mais cometê-los, é o momento de repassar os acertos e aprimorá-los.
Dezembro é o prelúdio do futuro, é a chave do recomeço, é a estação final do passado, a conexão com o futuro.
O momento de arquivar o que passou, de forma que possa ser facilmente consultado depois.
Dezembro é extremo, é decisivo, é palco de todas as recordações, é mais um álbum que se fecha.

Dezembro é quando eu me lembro mais da minha impermanência e de que sou só um grão de areia oscilando ao sabor das dunas intermitentes do destino que nunca cansa de se modificar.

a.d.

**********

Recebi, o texto, do amigo Fernando Sá e resolvi compartilhá-lo com todos.
Eu sempre vi os finais de ano como os finais de todos os dias onde preciso ver o que fiz de bom, para manter e aprimorar, e o que fiz de ruim, para melhorar e assim evoluir. De qualquer forma, é inegável que a atmosfera do planeta torna-se mais amena nos ‘dezembros’, as pessoas em geral nutrem bons sentimentos e pensamentos, anseiam por dias melhores. Continuo vendo os dezembros como todos os meses do ano, mas se a humanidade melhora nesse último mês do corrente, contrário a esse bom sentimento é que não vou ficar. Então, que as energias e os bons fluidos se multipliquem entre as pessoas e que o mundo inteiro, assim, torne-se um pouco melhor do que é hoje. Pouco a pouquinho… Quem sabe um dia esse sentimento se alastre por todos os outros meses do ano vindouro… Pode ser um sonho, mas sonhar para o bem comum é sempre válido. Espero que você sonhe o mesmo.

Imagine - Piano – Instrumental

Comentários

  1. S2 Veri S2 disse

    Oie CIRILINHO LINDO QUERIDOOOOOO! Ah faz tempo estou querendo por em dia a leitura desse seu blog maravilhoso e não consigo 1 mas agora consegui a chuva deu trégua também!
    Ah tive uma surpresa quando vi que podia copiar aqui hihihi!
    Essa parte é fatal eu amei demaisssss :
    Independentemente de convicções religiosas, o mal é a ausência de Deus.
    Isso mesmo. O problema do Mundo é falta de Deus, de amor pelo próximo, de fazer o bem sem distinções de qualquer ordem.
    Quem nutre bons sentimentos dentro de si, quem faz o bem acima de todas as coisas, não mata, não odeia, não inveja. Só nutre o bem; nunca o mal. E só quando falha na vigília é que o mal acontece.
    Por isso mesmo Deus disse: orai e vigiai. Cuida dos teus pensamentos para que tuas ações sejam sempre boas e assim o bem supere o mal.
    Ambos existem. O segredo está em qual alimentamos dentro de nós.
    FELIZZZZZZ NATALLLL todos dias com muita paz, amor, saúde, e todos que ama sempre juntinho de você! ! Beijos doces de panetone chocolate com champanhe e cerejinhas em seu sábio e iluminado coraçãozinho!!

  2. Roby disse

    Cirilo amigo…fico feliz que entre tantos…tu sabes bem o valor e a essência da celebração do Natal!
    Muito bom este texto!
    Que seu natal então..seja da mais plena harmonia, e que entres o 2007 bombando com muito positivismo.
    Abraço grande querido amigo.

  3. cilene disse

    Tambem fico me perguntando que diabos de correria e essa?onde esse povo pensa que vai…comprando feitos loucos, quer saber? estou cheia disso tambem

  4. AnormAlice disse

    cara,eu ADOREI seu comentário!
    acho que vc fou um dos poucos que leu mesmo
    meu post e entendeu o que eu quis dizer!
    Eu adorei suas dicas de verdade e rixas dele com
    meu irmao sao bem menores do que eu pensava,
    mas existem outras questões bem mais complexas e pessoais,
    mas de acordo com que nossa amizade cresça eu te conto tudinho!
    rá!

    agora sobre seu post…
    realmente dezembro e um mes diferente,especial!
    alem de ser aniversario da pessoa mais importante do mundo pra mim [minha mãe],o natal e a unica data que faço questão de estar com a familia!

    .*

  5. Bruna disse

    É Cirilo, deveria ser Natal todos os dias. Grande frase, “pode ser um sonho, mas sonhar para o bem comum é sempre válido. Espero que você sonhe o mesmo”.

    Espero que nós sonhemos.

    Beijos

  6. Erika disse

    “Dezembro é quando eu me lembro mais da minha impermanência e de que sou só um grão de areia oscilando ao sabor das dunas intermitentes do destino que nunca cansa de se modificar.”

    É quando me lembro mais mesmo…. todos os meses eu me lembro disso, mas final de ano, estas datas natalinas e de reveillon que mais doem aqui dentro.. de saudade mesmo de quem já foi e não posso mais ver neste plano… e vontades e desejos pululando querendo ser acontecidos no próximo ano já que neste eu passei mais uma vez sem realizá-los.

    Este é um mês “dolorido” prá mim, nada que estrague, mas algo que arranca-se para poder dar lugar ao novo.. como aquela estória da águia, que em dado momento da vida arranca todas as suas penas, as unhas, o bico, para que eles nasçam novos e fortes….

    Beijos CVM

  7. Cirilo Veloso Moraes disse

    É, meu amigo DO.

    É isso mesmo, mas continuo desejando que essa sensibilidade que paira no ar durante o mês de dezembro se estenda pelos demais meses do ano que está por vir.

    Um grande abraço.

    ;)

  8. DO disse

    Por estarmos mais sensiveis é que é um mes muito complexo pra mim,Cirilo.
    Mês de balanço,de pensamentos,de saudades,de sonhos não realizados, de pesadelos vividos…
    Mas,apesar de tudo,é qdo a esperança renasce.
    É o que conta!!
    Sem falar que é o mês da reflexão e de voltarmos as orações a ELE e a seu legado.
    Belo texto!
    Abração!

Deixe um comentário